Serviço de utilidade pública – Extintor de incêndio! Aprenda aqui um pouco mais sobre este item de segurança! Como todos já devem saber é obrigatório o “porte” do extintor de incêndio, O Detran está divulgando um alerta aos proprietários de veículos em todo País sobre as normas que regulam o uso do extintor de incêndio. A multa pela falta do equipamento é considerada de média gravidade, tem valor de R$ 127,69 e conta cinco pontos na carteira de motorista. 32488Oque muita gente não sabe, é que nem todos os veículos são obrigados a possuir este acessório, os únicos veículos que estão dispensados de manter o extintor de incêndio são as motocicletas, motonetas, ciclomotores, triciclos, quadriciclos sem cabine fechada, tratores e aqueles de coleção ou destinados ao mercado de exportação. TODOS os outros veículos, incluindo elétricos, reboques e semi-reboques, saem de fábrica com o extintor e devem mantê-lo durante todo o tempo. Só assim, conseguirá fazer o licenciamento que permite o trânsito normal em vias abertas. De acordo com o Detran, desde 2005 todos os veículos fabricados no Brasil devem vir com o extintor de incêndio como item obrigatório.

Os extintores de incêndio devem ser fabricados conforme à NBR 10.721 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e exibir a Marca de Conformidade do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), além de seguir as especificações do Contran.

Detran Fiscaliza: As autoridades de trânsito ou seus agentes fazem a fiscalização contínua da situação dos extintores de incêndio nos veículos, como equipamento obrigatório, verificando os seguintes itens:

  • O indicador de pressão não pode estar na faixa vermelha;
  • Integridade do lacre;
  • Presença da marca de conformidade do INMETRO;
  • Os prazos da durabilidade e da validade do teste hidrostático do extintor de incêndio não devem estar vencidos;
  • Aparência geral externa em boas condições (sem ferrugem, amassados ou outros danos);
  • Local da instalação do extintor de incêndio.

Penalidades: Conforme o artigo 230, incisos IX e X, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conduzir o veículo sem equipamento obrigatório ou com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo Contran é infração grave e o proprietário do veículo está sujeito a multa de R$127,69, mais 5 pontos na Carteira de Habilitação.

extintores_incendio_g_216110144228375Mito ou Verdade? Muitos proprietários de veículos têm dúvidas em relação a tirar ou não o plástico envolto no extintor de incêndio. O especialista em trânsito do Detran-TO, Yuri Nery, afirma que o procedimento é recomendável, porém não é tido como obrigatório pelo Contran.

‘’Não existe uma obrigatoriedade por parte do Contran de que o proprietário do veículo retire o plástico que protege o extintor de incêndio. Isto é mito. O que se recomenda é que o condutor retire o plástico para que em caso de um eventual incêndio ele poupe o tempo de desembrulhar o equipamento e aja de forma mais rápida’’.

Apaixonados por carros de todos os tipos em geral, amante da cultura automotiva!