Patetas Blog

Cultura Automotiva, Estilo de Vida e Opinião

Tag: choraboy

História do Volkswagen PASSAT

Um pouquinho da história do PASSAT! Creio que quase todas as pessoas que gostam de carro certamente gosta de ver um pelo “Passatinho Farol Redondo”, o modelo á cada dia que passa se torna mais raro, afinal de contas trata-se de um “idoso”, pois o Volkswagen Passat foi lançado no Brasil em 1973, totalmente inspirado no Audi A80 (Como podemos ver na foto abaixo).audi-80-80-cc-6Curiosamente os primeiros modelos de 1973, foram comercializados com uma frente protótipo, com os faróis do Mercedes-Benz O-362, mas posteriormente já voltaram a seguir a seguir os faróis redondos de seu “irmão mais velho” o Audi A80.1973-passat-i-1cÁ História deste carro certamente foi marcada pelo raríssimo Passat TS, esta versão foi lançada em 1976, foi um marco na história do Passat. A versão TS (Touring Sport), versão esportiva que possuía um motor apimentado de 1.6Litros, de 80 cv, carburador Solex duplo alemão e frente de quatro faróis redondos. Uma faixa preta cruzava a lateral do TS, um pouco abaixo das maçanetas, e dava o toque esportivo de acordo com os padrões da época. No interior, detalhes como o volante esportivo e o console com voltímetro, relógio de horas e manômetro de óleo. No painel, onde nas versões mais simples existia o relógio de horas, havia o conta-giros. Foi um sucesso, sendo o sonho de consumo dos jovens da época. Se tornou o esportivo da VW, apressando o fim do saudoso SP-2. Passat-TS-1976-120101023153034Ainda nos dias de hoje o Passat certamente ainda é sonho de consumo de muitos, principalmente os adoradores mais nostálgicos que tem preferência um um modelo mais antigo, especialmente os clássicos, mas não se engane achar um Passat não é tarefa fácil, principalmente um em boas condições originais de fábrica.SONY DSC

10599442_834030993287602_1783836780751452928_n

1017535_816220261735342_4257748784480486806_n

 

Fiorino 147

Galera fiquei PASMO, as palavras fugiram, muito TOP este projeto! e é claro, que nós da Equipe Patetas fomos atrás de mais informações deste belo exemplar:1979643_749316751759027_59799651_nO ano de 1980 marcou a chegada da picape Fiorino que assumia o formato de Furgão, este modelo era mais longo do que o Fiat 147, lançado na segunda metade da década de 1970. O amplo baú comportava até 2.700 litros ou 540 kg.

1609798_453790638085300_6818501301081974979_n - Cópia10308164_233037076891688_4798073766053004436_n

ISSO SÓ PROVA, QUE NÃO EXISTE CARRO FEIO!

1794823_446001578864206_1431323780_n

10294329_309597465857441_5797343306886531732_nFicha técnica Fiorino 147 (1982) – Versão Original

Motor: posição transversal, dianteiro. Com 4 cilindros em linha e cilindrada total de 1.297 cm³. Potência máxima: 61 HP, 5.400 rpm (gasolina); 62 HP, 5.200 rpm (etanol). Torque máximo: 9,9 kgfm/3.000 rpm (gasolina); 11,5 kgfm/ 3.000 rpm (etanol). Com 2 válvulas por cilindro. Eixo de comando de válvulas: um no cabeçote, Combustível: gasolina, etanol e Carburador: corpo simples. Câmbio: 4 marchas à frente e uma à ré. Tração dianteira.
Sistema de freios: dianteiro a disco, traseiro a tambor.
Suspensão: dianteira tipo McPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores com barra estabilizadora.
Rodas: Aro 4,0 x 13”, em aço com Pneus: 145 SR 13.
Peso: em ordem de marcha (StdA) 870 kg.
Capacidade de carga: 450 kg.10363594_311732938977227_1259364410950632317_n

Espero que tenham gostado da matéria, e sirva de inspiração para novos projetos.

Fonte: http://truckmotorsshow.blogspot.com.br/2013/02/conheca-rica-historia-do-furgao-fiorino.html

 

© 2017 Patetas Blog

Theme by Anders NorenUp ↑