Patetas Blog

Cultura Automotiva, Estilo de Vida e Opinião

Tag: raridade (page 1 of 2)

De Patrão! Santana Executivo 2000i – 1990

Se Você acompanha nos matérias certamente você já percebeu que nós gostamos de exemplares raros, tais como o Voyage Los Angeles, Saveiro BX, Voyage Sport e até o Ar-Condicionado de Fusca. Hoje o carro escolhido foi Santana Executivo, você certamente conhece o Volkswagen Santana, mas este aqui se trata de um exemplar muito raro, apenas 5000 felizes proprietários (ou patões) tiveram o PRAZER de possuir um Santana com luxo acima da média, esbanjando muito estilo e esportividade, sem perder seu conforto. O título da matéria é “De patrão” porque este era um carro para poucos, pois seu preço não era nada atrativo, ele custava 60% mais caro que um Santana GLS, até então o top de linha.1253247100859_fA Volkswagen não poupou esforços para equipar este belo exemplar, o mesmo era equipado com o Motor AP 2000 com injeção eletrônica, superior em consumo e desempenho, impressionavam pela eficiência: foi o primeiro sedan nacional equipado com injeção eletrônica. Em um até então cheio de carburadores, bastava girar a chave e o motor pegava na hora, sem engasgos, sem falhas, sem afogadores. Era um motor bem diferente dos outros, com funcionamento “liso”, marcha lenta estável e muita maciez. Havia torque abundante, com leve toque no acelerador o Santana Executivo respondia imediatamente. Este modelo ainda havia a opção do câmbio automático.Santana EX 199020106179457Internamente os famosos e tão desejados bancos Recaro em tecido navalhado ou couros uruguaios, muito confortáveis, que transmitiam muito conforto, principalmente o traseiro com descansa braço central, encostos e cinto de três pontos, direção hidráulica progressiva (padrão e referência em sua época) e com um volante de diâmetro menor; ar-condicionado; rádio toca-fitas com código anti-furto; porta fitas colocado no console; vidros elétricos e traves elétricas com dupla-ação, no qual as portas eram abertas somente quando destravadas com a chave. Conciliando com todo esse conforto, um toque de esportividade no painel de instrumentos com iluminação vermelha, como no Gol GTI.1990-SantanaEX-InteriorCom amortecedores pressurizados a gás, o Executivo transmitia uma rodagem estável, confortável e muito seguro, sendo muito equilibrado nas curvas, em um modo geral superior ao GLS, graças aos freios de discos ventilados na dianteira o modelo diminuiu bastante o fading (perda de eficiência no freio quando muito requisitado).Santana EX 1990 01201061794338Externamente o Santana Executivo se destacava pelas lanternas traseiras fumê; um aerofólio pintado na cor do carro, com brake-ligth incorporado; rodas de liga leve BBS douradas; que não agradavam á todos, motivo pelo qual passaram a ser prateadas (estima-se que aproximadamente 2000 unidades foram comercializadas com a cor dourada). Diversos detalhes em cinza substituíam os cromados nas molduras laterais das portas e nos logotipos. A grade dianteira de 3 aletas virou febre, e foi muito procurada na época por proprietários de Santanas “comuns”. santana ex 11santana ex 12santana ex 13Mesmo com todos esses atrativos o Santana ainda ficava devendo alguns itens, tais como: Computador de bordo, regulagem de altura no volante, ABS, mas isso se deve ao fato de uma politica de restrição á importação de componentes eletrônicos.

Volkswagen-Santana-EX-II

Se você gostou do nosso post e gosta de carros raros, aproveite a oportunidade e confirma a nossa matéria sobre o Chevrolet Monza Hi-Tech.

Harlequin Motion…

Mais polemico que mamilos! Isso ninguém pode negar, quem ainda não conhece vale a pena ler o nosso post “Golf Harlequin”, por incrível que pareça esta é uma versão original da Volkswagen, e é claro muito rara, por esse motivo as réplicas são muito comuns, mas porque limitar essa versão apenas aos Golf MK3?unnamed (22)FB_IMG_1426963601672A galera não deixa por menos e estão fazendo suas próprias versões do Harlequin. O Harlequin já é um modelo á parte, que tal misturar essa versão com o estilo RAT?!11009173_612167915580987_5668888090064980737_nMas a galera não parou por ai, O Golf MK4 (conhecido como SAPÃO), também entrou na brincadeira.11402_629981260466319_1786259563286334749_nA versão Sedan do Golf, o nosso Bora também foi customizado ao estilo HarlequinFB_IMG_1430084656948Até nossos Hermanos Paraguaios se rederam a esta tentação, e fizeram a versão Harlequin para o Volkswagen FOX.
1505546_378905612234176_5396573645994386084_nE se você achou que a galera se limitou a marca VOLKSWAGEN, você ERROU, mostrando muita disposição a galera mandou muito bem montando esta belíssima Audi (deixando qualquer marmanjo de boca aberta).10862473_1026021080748978_3519132602329503848_oJá falamos dos carros, agora todos nós sabemos que o carro é praticamente ou sempre a cara do dono, pois gosto e estilo se misturam, afinal de contas esse é o nosso Estilo de Vida “Life Style”, agora imaginem só você descendo do seu Harlequin com um pisante desse aqui!!! Pra quebrar tudo néh galera?!unnamed (20)

Harlequin dos pés a cabeça!!!

VW Passat com para-brisa QUADRADO?!

Pode isso Produção? Isso mesmo agora nós da Equipe Patetas vamos fazer uma pergunta daquelas! Que o nosso querido Volkswagen Passat “Farol Redondo” é derivado do Audi A80 Tipo B1, muita gente já sabe! e se ainda não sabe, deêm uma olhadinha no nosso post “A História do Volkswagen Passat”. audi-80-80-cc-6Com certeza vocês já conhecem o Volkswagen Passat, ele foi um marco na história dos esportivos Brasileiros, principalmente com o lançamento do Passat TS, mas isso é assunto para outro Post, mas o que as pessoas não sabem é que existem muitas particulares e diferenças para vários modelos. Versão 2 e 3 Portas. O Passat de 03 (três) portas, tem a tampa do porta malas grande, como os carros hatch, já o Passas 02 (duas) portas, tem o porta malas separados do carro, como os carros sedan.passat78pro

Volkswagen Passat três portas

Passat76

Volkswagen Passat duas portas

Outro detalhe interessante, são as entradas de ar localizadas na coluna do porta-malas, que não estão presentes em todos os modelos.1902894_692907720801482_2252502903364193818_nMas o Post aqui é para perguntar se vocês sabiam que alguns Passat possuem o canto superior do para-brisa “QUADRADO” isso mesmo, como podemos ver nas fotos abaixo:

11698830_1026285860717413_5821668220172109277_o11717352_1026285970717402_2595440957062425046_oEste para-brisa é exclusivo dos modelos até ano 75 / modelo76 os 76 / 76 já são redondos e os frisos das portas e janelas mais finos, para os modelos 74 / 75 / 76 (apenas os primeiros) os frisos são mais largos.

Observação: Sinceramente desconhecíamos este fato, só tomamos conhecimento graças a uma conversa, durante o evento dos Volksbrother’s realizado no estacionamento do Shopping D aqui em São Paulo, com uma “figura” muito simpática, o “Tião” do Clube do Passat.

VOYAGE SPORT

Simplesmente um clássico Brasileiro, o Volkswagen Voyage Sport foi e ainda é objeto de desejo de muitas pessoas, pensando nós da Equipe Patetas resolvemos contar um pouco mais da história deste “ícone” na história automotiva nacional.93sport2013-08-22_Voyage_Sport8Lançado em 1993 o Voyage Sport 1.8s veio para ser um grande sucesso de vendas daquele ano. Fabricado e comercializado apenas nos anos de 1993 e 1994 o esportivo deixou saudades. Potente, porém ao mesmo tempo suave e confortável o modelo fez sucesso entre a “garotada” da época e não deixava a desejar tanto na cidade como na estrada. Incialmente o modelo for produzido em apenas 02 (duas) cores, sendo elas “Preto Universal” e “Prata Lunar” e posteriormente com tonalidade cinza. O Forte apelativo esportivo certamente são um dos principais “ingredientes” para seu sucesso.

639_grandebrasil_abreDSC_9070-2Itens de Fábrica: Faróis de Neblina, Lanternas fumê, belos bancos Recaros com estampa xadrez e encosto de cabeça vazado, manopla igual do Gol GTI, vidros verdes e elétricos, traves elétricas, retrovisores elétricos, para-brisas degradê, desambaçador traseiro, vidros traseiros basculantes, assim como muitos outros detalhes internos, fecham o visual com as cobiçadíssimas rodas BBS aro 14”, e é claro tudo isso com o coração “Motor AP 1800S”. Tudo isso só comprova que a Volkswagen não poupou esforços e caprichos neste carrinho.Volkswagen-Voyage-LLSPlusGLSSSportSuper-L-Ang-Alcohol-20140716131909Somente no segundo de sua produção a Volkswagen disponibilizou a Direção Hidráulica para o modelo.

A lista de detalhes é grande, ainda engloba Toca-Fitas, porta fitas no console, para chores e retrovisores pintados na cor do carro, borrachões laterais largos e com o logotipo do modelo e brake-ligth (Ufaa! Acho que não esquecemos de nada).93sport2Calma galera, é claro que vamos falar da parte mecânica. O motor Volkswagen de Alta Performance (popularmente conhecido como “Motor AP”) era 1800s de 105cv e atingia velocidade máxima de 171 Km/h e fazia de 0-100 Km/h em 10,2 segundos.DSC_8955-5

Fotos: http://www.dkc.com.br e http://garagem150.com

Fusca Geladinho!

Esses dias entrando em uma breve e amigável discussão, surgiu uma grande dúvida: EXISTIU / EXISTE algum Fusca com Sistema de Ar-Condicionado original de Fábrica? e para poder responder essa pergunta com exatidão, fomos atrás de maiores informações, muitos aqui já devem saber que o nosso “querido Fusca”, foi fabricado até o ano de 2003, porém somente no México. Volkswagen_Bubbla_sista_bilenEste exemplar contemplava alguns opcionais muito cobiçados, tais como sistema de injeção eletrônica e trazia em um dos seus opcionais o Sistema de Ar-Condicionado.net fuscajpg01Acredite se quiser, imagine seu fusquinha geladinho?!Fusca3Fusca2138Encontramos um Kit Completo é venda, para adaptação nos modelos nacionais, veja no link: http://www.autoclub.com.br/produtos/30/caixa-evaporadora/caixa-evaporadora-/caixa-evaporadora-fusca/44243

 

Kombi 6 portas

Nós da Equipe Patetas gostamos de novidades e raridades, então vamos lá, para mais um belo exemplar, alguém ai conhece esta versão da Volkswagen Kombi?! Kombi_6_portas_1961_03Em 1961 a Volkswagen produziu uma versão da Kombi exclusiva para o Brasil: a Kombi seis portas. A versão foi criada com foco no transporte de passageiros, algo cada vez mais comum com o crescimento das cidades e o aumento do número de táxis e lotações. Embora facilitasse o embarque de passageiros por ter uma porta individual para cada fileira de bancos e nos dois lados da carroceria, as portas dificultavam o uso da Kombi como veículo de carga, torando seu uso restrito ao transporte de passageiros, mesmo assim, o modelo continuou em produção até o fim dos anos 1970, já com a nova frente, a chamada “Clipper”. Estes últimos modelos são ainda mais raros — tão raros que muita gente nem sabe que eles existiram.Kombi_6_portas_1976_03-620x465

Belina 4×4

SIM! Acredite se quiser, durante a década de 60 e 70 o desenvolvimento da tração dianteira aguçou o espírito criativo dos fabricantes, dando início a uma série de experimentos para viabilizar uma ideia inédita em veículos de passeio. Por volta dos anos 80: a tração integral 4×4, era muito pesada e complexa, justamente por esse motivo ela era restrita a veículos de grande porte e militares. No Brasil, a pioneira foi a Ford, que em 1984 lançou a Pampa 4×4. No fim do ano, ela estendeu a opção à Belina, que compartilhava a mesma estrutura, logo nascia nossa primeira (e única) perua de tração integral.belina-4x4Seu público-alvo eram fazendeiros e habitantes de zonas rurais, que buscavam um veículo mais prático, confortável e versátil que as picapes e jipes da época. Testada em fevereiro de 1985, mostrou-se um veículo valente, que não temia lama e aguaceiros.Belina4x4A tração era simples: no lugar das engrenagens da quinta marcha havia uma caixa de transferência que acionava a tração traseira. Para isso, bastava puxar a alavanca ao lado do câmbio. No asfalto, ela permanecia desligada: a traseira tinha rodas livres automáticas, já que o arrasto dos semieixos e do cardã não só causava o desgaste do sistema como aumentava o consumo.Belina4x4-Infelizmente a Belina 4×4 apresentou diversos problemas no seu sistema de diferencial traseiros, vale dizer que suas limitações estavam previstas no manual do proprietário: deveria rodar só em pisos de baixa aderência, em linha reta e nunca acima dos 60 km/h.Belina4x4--Em vista dos problemas a Ford tirou a Belina 4×4 de linha em 1987, apenas dois anos depois de seu lançamento. Tanto a Pampa quanto a Belina são raras, mas nos dois anos de vendas, a perua não chegou às 600 unidades vendidas. Por isso hoje é relativamente fácil encontrar uma Pampa 4×4, mas não uma Belina 4×4.Belina4x4---Belina4x4----Fonte: http://quatrorodas.abril.com.br/galerias/ford/ford-belina-4×4-749760.shtml

Peruca de Fusca

Ainda em clima de nostalgia com os últimos Post’s, vamos conhecer agora um acessório muito raro, não importa o quanto você viveu, pois certamente você será surpreendido por alguma fato curiosos. Navegando na Internet nós da Equipe Patetas nos deparamos com esta matéria muito interessante. BOM! Chega de Conversa e vamos ao que interessa: A extinta empresa carioca MENSANA PLÁSTICOS IND. COM. E REPRESENTAÇÕES LTDA., então localizada na Av. Paranapuan, 23-26, Loja G, Rio de Janeiro, então estado da Guanabara, fabricou um bagageiro de teto exclusivo para o Fusca.DSC00675O bagageiro da MENSANA era feito de vinil, com estrutura interna de metal e madeira, com forração de espuma envolta em plástico.bagageiro-peruca-de-fusca-raridade-acessorio-teto-antigo_MLB-F-4704100876_072013O bagageiro amoldava-se perfeitamente ao teto do Fusca. Possuía cintas com presilhas metálicas nas extremidades que serviam para fixar o bagageiro no besouro; na parte de trás, no suporte do pára-choque, e, na frente, nas dobradiças de porta.DSC00662O curioso desse bagageiro é o nome dado pela empresa: PERUCA DE FUSCA. De fato, o teto do besouro representa a cabeça do veículo, sem cabelos. Careca, portanto. O bagageiro da MENSANA, na função de peruca, vem complementar o visual do vaidoso Sedan, cobrindo-lhe a careca. Afinal, o Fusca não gosta de ser chamado de aeroporto de mosquito, lustroso, zerado, lapidado, pouca telha, cabeça de ovo, tobogã de piolho, entre tantos outros chistes populares.DSC00671 O bagageiro da MENSANA possui a imagem do Fusca em sua etiqueta de identificação. No interior do bagageiro, a MENSANA se preocupou em equipá-lo com uma cama de espuma, evitando assim, que objetos mais pesados ou colocados sem maiores cuidados em seu interior pudessem danificar o teto.DSC00661Repare as cintas do bagageiro que acompanham a linha natural do carro. A colocação é simples e rápida.PC190036Detalhe da estrutura metálica que dá sustentação ao bagageiro quando montado. O bagageiro pode ser totalmente desmontado, ocupando pouco espaço quando guardado.DSC00693-bwSegundo a empresa, o bagageiro possuía diversas outras funções, não se limitando apenas a ampliar o espaço de bagagem: “encaixa no teto como se fosse uma peruca, armado e colocado em 2 minutos, desmontável em 30 segundos, soluciona a falta de espaço, sem resistência ao avanço, dá maior ventilação ao motor, evitar o calor interno, evita arranhar o carro, nos pic-nics serve como berço do baby, dispensa o uso de malas”.De fato, a propaganda é a alma do negócio!DSC00681Fonte da Matéria: http://opasgarage.blogspot.com.br/2014/04/peruca-de-fusca.html

 

 

Túnel do Tempo!

Recordar também é viver! Somente quando nós nos deparamos com algumas fotos e imagens antigas nós nos damos conta do quanto estamos ficando antigos rss…

Quem ai se lembra desta bela frota da antiga empresa de telefonia do estado de São Paulo a “TELESP”, a frota composta apenas de VW possuía uma coloração inconfundível “Laranja” que chamava atenção por onde passava, e ainda trazia sua mecânica movida a álcool e fazia questão de expor isso para todos.

Fusca-Telesp-1fusca_telesp_03E que tal esta bela foto, de uma Kombi da antiga companhia área “Varig”, dá até vontade de voltar no tempo só para ter o privilégio de andar em uma dessas.1505547_518955308213610_4669979546714031923_nAlguém ai precisa de TAXI, esta bela imagem nos faz voltar no tempo e nos peguntar aonde esta o coloridos de nossas ruas com todos essas carros “Pretos, Pratas e Brancos” parece que estamos no 50 tons de cinza!11695958_718226401617492_8900531367243605493_n

Kombi da Elma Chips, se você era criança com certeza já torceu muito para ela “tomar” na sua rua.248630_533115623379142_1974589318_n

Espero que todos tenham gostado desta seção nostálgica, e sirva de inspiração para muitas modificações automotivas.

 

VW GOL 1983 – TAXI – Placa Preta

Sim! acreditem se quiser, se hoje em dia já difícil manter um carro em estado de conservação para obter a tão sonhada placa preta, imagine só, quanto este carro é um TÁXI. Vamos contar um pouco melhor essa história, em 20 de abril de 1983, o Senhor José Casetta retirava da concessionária Volkswagen Vênus um GOL “S” 0KM.20131012_133022Senho Casseta Taxista (SIM! ISSO MESMO!) desde meados da década de 50 em São Paulo e este foi seu último veículo TÁXI, por onde utilizou até o ano de 1993 “na praça”, quanto então se aposentou e veio para a cidade de São José dos Campos – SP para enfim ter seu merecido descanso. Desde então seu carro permaneceu guardado na garagem e raramente foi utilizado.foto-78Nos dias de hoje, quem toma conta deste belo exemplar é o neto Daniel e com o sonho de emplacar o carro como veículo de coleção, Sr. Casetta manteve seu “Golzinho” até o ano de 2013 em condições extremamente Originais. Em 2013  o carango finalmente completou 30 anos de produção, logo Sr. Casetta e o neto se filiaram à um clube de carros antigos e teve seu carro Certificado como “Veículo de Coleção”, obtendo a tão sonhada placa preta.20131012_134155Na foto abaixo podemos ver que o Gol ainda possui o taximêtro instalado em seu painel e seu interior extremamente impecável.20131012_133815Outro detalhe curioso e uma das provas que o proprietário é muito cuidadoso com o “Golzinho”, ele próprio conta com alegria: “Eu tratava tão bem meu carro, que passava o perfume de minha esposa no interior do carro para agradar os clientes… sorri.”20131012_133558Atualmente o carro possui 85.000 KM originais, pintura e interior também são originais de fábrica de 1983. E o senhor Casetta, hoje com 88 anos de idade e com muitas histórias e boas lembranças do tempo de taxista.20131012_133612 Fica aqui os parabéns à Familia Casetta, e que mantenham viva por muitos anos a História de simpático VW GOL, e é claro continuem passando de geração em geração esta paixão.

Reportagem retirada: http://julioraridades.com.br/index.php/galeria/vw-gol-1983-sr-casetta

Older posts

© 2017 Patetas Blog

Theme by Anders NorenUp ↑